2007

Aizomê: Uma chef por trás de um dos melhores restaurantes japoneses de São Paulo

Que o Japão é um país extremamente machista, quem já foi sabe. No teatro kabuki, apenas homens interpretam personagens masculinos e femininos. Nos negócios, praticamente não existem mulheres no topo da hierarquia corporativa (e mais da metade das poucas presidentes de empresa no Japão herdaram o cargo de algum parente). Na política, você tampouco irá encontrá-las. E na gastronomia é a mesma coisa: você nunca verá uma mulher atrás de um balcão de sushi  (ou mesmo trabalhando nas cozinhas dos mais famosos restaurantes do...


Osteria del Pettirosso, um dos melhores italianos de SP

Em tempos de gastronomia midiática que não se cansa de inventar muódas  para chamar a atenção, como é bom “voltar para casa” e comer comida de verdade, tradicional, com ingredientes selecionados, bem executada e sem pretensões (essas que nem sempre dão certo). E as chances de satisfazer o estômago — e a alma — são bem maiores quando se trata de comida italiana: seja com um gelato, uma pizza  ou uma pasta  com molho de tomate fresco. A Osteria del Pettirosso fica numa casinha despretensiosa (mas com aquele charme...


Breizh Café Paris

Apesar de serem consumidas há mais de 8 mil anos, em diversas formas, as crêpes  — e as galettes (saiba a diferença entre elas, clicando aqui) — fazem parte da identidade gastronômica da Bretanha, região do Norte que só foi anexada ao Reino de França no século 15. E, com filiais na França e no Japão, engana-se quem pensa que o Breizh Café (“breizh” quer dizer “Bretanha” em bretão), que tem lojas em Saint-Malo e Cancale (ambas à beira mar), em Paris (uma no Marais) e no Japão (dez lojas!), nasceu na região dos...


Frutaria São Paulo

Apesar do ambiente casa-de-sucos-à-beira-da-praia, a Frutaria São Paulo tem preços de restaurantes de cidade grande. Mas, a proximidade do Parque do Ibirapuera faz do lugar a parada perfeita para uma agradável refeição, açaí ou suco pós-atividade física no parque. Com um cardápio repleto de opções saudáveis (frango orgânico, arroz integral, quinoa, verdes, e muitas, muitas frutas), os pratos são saborosos e bem preparados. Minha única restrição é sobre a maneira como eles montam os pratos; tudo sempre vem separado e um...


Le Jules Verne

Se algum dia Alain Ducasse sonhou em pairar beeem acima da concorrência, ou melhor: se sendo o chef  mais estrelado do mundo ele quis ficar mais próximo das estrelas, ele conseguiu. Literalmente. A 115 metros de altura e ocupando parte do segundo andar do maior cartão postal da cidade, a Torre Eiffel (com elevador pequeno e exclusivo, não se preocupe com as massas), o Jules Verne é uma ótima opção para se comer bem, visitar a torre com elegância e ainda ter Paris a seus pés. Com a vista majestosa (depois da refeição caminhe pelo...


WordPress Theme built by Shufflehound. Todos os direitos reservados. © 2018 - Simonde