Quem já foi para a Ásia e teve de fazer conexão depois de 12 horas de voo — para pegar outro voo de mais 10, 11 horas — sabe o quão cansativo é todo o processo, principalmente quando você precisa esperar no aeroporto por 5, 6 horas, sem poder sair ou por que não pode ou por que não dá tempo de ir à cidade e voltar. E é para esses viajantes que, em agosto de 2015, abriu na área restrita do Terminal 3 do aeroporto de Guarulhos, o hotel Tryp, um quatro estrelas com 80 quartos (o único no hemisfério sul com essa proposta).

QUEM PODE SER HOSPEDAR NO TRYP GRU NO TERMINAL 3?

O público é bem  específico. Como o Terminal 3 é exclusivo para voos internacionais e o hotel fica dentro da área restrita, ou seja, depois do controle de passaportes para quem vai viajar, isso significa que apenas passageiros chegando de outro país e indo para outro país (inter-inter, como eles chamam) podem se hospedar no Tryp; são passageiros que nem retiram suas bagagens despachadas na esteira, vão para o hotel apenas com a bagagem de mão. Para passageiros saindo do Brasil, o hotel só será útil para quem vier de outra cidade brasileira com destino ao exterior, fizer escala longa em São Paulo e IMPORTANTE: que conseguirem despachar a bagagem até o destino final (de Fortaleza direto para Paris, por exemplo), com o check-in  já realizado (porque aí, é só o passageiro chegar no Terminal 1 ou 2, ir para o Terminal 3, passar pela imigração e acessar o hotel). Se o passageiro tiver de recolher a bagagem despachada em São Paulo e tiver de fazer um novo check-in  para o voo internacional, como os balcões das companhias aéreas só abrem com três horas de antecedência e o passageiro ainda terá de passar pela segurança e estar na sala de embarque 40 minutos antes do voo, não há muito tempo para descansar uma vez que você passe pelo controle de passaportes. Nesses casos, a opção para uma soneca e um banho de quem vai ter de esperar 5 horas no aeroporto até conseguir fazer o check-in é se dirigir para as cabines do Fast Sleep, na área pública do Terminal 2 (R$ 78,75 a primeira hora e R$ 30 as horas adicionais). Passageiro em desembarque internacional NÃO PODE se hospedar no hotel (é obrigatória a apresentação do passaporte e do cartão de embarque internacional na hora do check-in).

QUAIS AS OPÇÕES DE UTILIZAÇÃO E QUANTO CUSTA?

Você pode pegar um quarto ou apenas aproveitar a área social (as salas, a sala de reuniões, o bar, o restaurante com chef  disponível dia e noite e o wi-fi) por um período de três, seis, 12 ou 24 horas (ficar 24 horas dentro da área restrita de um aeroporto deve fazer você se sentir um prisioneiro, do tipo Tom Hanks no filme The Terminal). Para usar apenas a área social, o valor é de R$ 150. Um quarto por três horas para uma pessoa custa R$ 390seis horasR$ 490doze horas, R$ 650; e a diária, R$ 800. O valor tanto do uso do lounge  quanto do uso dos quartos é all-inclusive: incluem refeições, bebidas não-alcoólicas, wi-fi, uso do jardim (lugar perfeito para os fumantes, porque dentro de TODO o aeroporto é terminantemente proibido fumar).

AS INSTALAÇÕES E OS QUARTOS

Assim como os hotéis dessa categoria em não-lugares  como aeroportos, a decoração do hotel é funcional, impessoal, correta, com corredores amplos, e até que eles conseguiram tornar os quartos aconchegantes, com o uso das cores e da iluminação, que tem entre 14 e 20 metros quadrados (o que não é um problema já que não temos de abrir as malas dentro do quarto). E são cinco opções de quartos, entre os quais quarto para deficientes, quarto para famílias (com cama de casal e beliche) e um ótimo quarto fitness: como as pessoas geralmente não carregam roupa para esporte na bagagem de mão, eles colocaram uma bicicleta ergométrica dentro desses quartos, para que você possa fazer atividade física de cueca e descalço na privacidade do seu fitness room. Outro ponto positivo é a acústica (não dá para dormir e descansar com o barulho ensurdecedor de aviões, né?). Apesar de estar dentro do maior aeroporto da América do Sul, com aviões estacionados literalmente na janela de alguns dos quartos, não se ouve nada, nadinha; silêncio absoluto. Para ser melhor, só precisaria ter banheiras em todos os quartos para dar aquela relaxada.

QUAL QUARTO PEDIR?

Tem quartos sem janelas, que pode servir para quem quiser apenas dormir. Mas, eu prefiro os quartos com vista para o jardim (bom ver um pouco de verde e o céu) mas para quem gosta de avião, simplesmente não dá para deixar de pedir os quartos com vista para a pista decoradas com aviões da Air France, da Lufthansa, da Emirates. É como pedir quarto com vista para o mar. 

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-1A entrada do hotel Tryp, dentro da área internacional do Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos, que fica um piso abaixo dos portões de embarque. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-2No sala ao lado do bar, um painel eletrônico atualiza os passageiros sobre o status dos voos. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-3Um quarto com duas camas de solteiro com vista para o jardim. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-4Todos os quartos possuem ar-condicionado, mesa de trabalho e TV a cabo. O acesso à internet wi-fi está incluso no valor da hospedagem. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-5O pequeno jardim é um respiro para olhar o céu sem ser através de um vidro. Aqui é a ÚNICA área de todo o aeroporto onde um passageiro pode fumar. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-6Apesar de os hóspedes não terem suas malas, os corredores do hotel são bem amplos. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-7Esse é um dos quartos que parecem cabines internas de navio: sem janela. Pode ser uma opção para quem quer apenas dormir. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-8O quarto fitness possui uma bicicleta ergométrica para quem quer aproveitar o tempo no aeroporto para perder calorias. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-9Mais uma foto do quarto fitness. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-10O quarto família possui uma cama de casal e uma beliche e ainda pode ser conectado com outro quarto. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-11Vista para o bar, restaurante e salas ao fundo. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-12Tomadas espalhadas por todos os lados, do jeito que a gente gosta. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-13A vista “mar” para os amantes da aviação: um quarto com um aviãozão estacionado sob sua janela. Imagem: Shoichi Iwashita

hotel-tryp-gru-terminal-3-aeroporto-guarulhos-14O hotel tem uma sala privativa de reunião e uma biblioteca onde os hóspedes podem ler ou trabalhar. Imagem: Shoichi Iwashita