Comprei minha máquina de café Nespresso há mais de dois anos, no exterior. E fiquei impressionado com o atendimento da empresa, que é do Grupo Nestlé, quando a minha máquina quebrou recentemente (simplesmente parou de funcionar). O serviço é 24 horas, sete dias por semana. O telefone é 0800 e você pode ligar do seu celular (poxa, vamos aprender empresários!). A atendente é educada e bem-humorada (a impressão que tive é que ela deve ganhar bem). E mesmo a máquina estando fora da garantia e eu não a tendo comprado no Brasil, eles me deram uma máquina nova. Idêntica. Sem cobrar nada. Vieram buscá-la em casa e deixaram outra no lugar. Dentro do prazo que disseram. Só não me mandaram outra imediatamente porque eu a comprei na Europa (por isso trocaram até a voltagem da máquina). E ainda me deram um kit de cápsulas junto (juro, eu não imaginava uma coisa dessas).

O meu caso pode ter sido exceção, pois no site eles dizem que tudo depende da disponibilidade em estoque e da localidade. O que eles garantem é que, se a sua máquina tiver um problema, eles oferecem solução imediata, emprestam uma máquina durante o período de reparo e o serviço é gratuito para máquinas dentro da garantia e com tarifas especiais para as que foram adquiridas no exterior ou com o prazo de garantia expirado.

Apesar de alguns apartes que tenho contra a Nestlé — um dos grandes e cruéis conglomerados mundiais que prestam muitos desserviços como, por exemplo, o desincentivo violento contra a amamentação em países pobres e denúncias de trabalho escravo infantil em muitas das fazendas fornecedoras de cacau para os chocolates da marca — e entender que garantir que eu tenha uma máquina operante significa que eu continuarei a comprar os refis (que saem mais caros em longo prazo), o que é uma estratégia inteligente de garantir o faturamento, a Nespresso no Brasil parece realmente comprometida em surpreender o cliente. E conseguiu.

Para conhecer os produtos da marca, é só clicar aqui.

P.S. Este NÃO É um post patrocinado.