Cruzeiros

Três lindos cruzeiros de luxo para um fim de ano mais que especial #publi

Para quem correu o ano inteiro, o fim de ano é uma época que representa a possibilidade de relaxamento, reflexão e preparação para o novo ano que começa. E, para isso, nada melhor que viajar em um cruzeiro de luxo, acordando a cada dia com uma paisagem diferente no conforto da cabine, sem precisar enfrentar estradas, trens e aeroportos lotados, e o mais importante: bastando arrumar e desfazer as malas apenas uma vez (muitas vezes contando com a ajuda de um mordomo). Hoje, você confere três saídas bastante...


10 dicas para aproveitar a Oktoberfest (Wiesn para os íntimos) e o cruzeiro que te leva para o melhor do festival! #publi

Uma das maiores festas do mundo moderno teve sua primeira edição em 1810, quando da celebração do casamento entre o Príncipe Ludwig (futuro Rei Ludwig I da Bavária) e a Princesa Therese da Saxônia-Hildburghausen (nesta época, a Alemanha ainda não existia). Durante duas semanas inteiras (três sábados e domingos), de 22 de setembro a 7 de outubro de 2018, 16 tendas construídas especialmente para a Oktoberfest — umas gigantescas, outras menores e mais intimistas — em uma área de 35 hectares, acomodam, sentadas e ao mesmo tempo,...


Gastronomia: Um dos grandes diferenciais dos cruzeiros de luxo #publi

Minha grande decepção com cruzeiros em navios grandes foi a comida sempre bem mediana, quando não medíocre (não é tão ruim quanto comida de avião, no entanto). E como raramente conseguimos jantar em terra, quando chega o quarto ou o quinto dia, vai batendo aquele desespero e vontade de comer comida de verdade.  Nos cardápios de sobremesa, por exemplo, tanto o cheesecake  de manga com coco como o parfait  de chocolate têm o mesmo sabor de um creme gorduroso (e eu desafio você a identificar os sabores da manga e do coco citados na...


Taiti e suas ilhas: Por que o cruzeiro Paul Gauguin oferece a mais completa experiência da Polinésia Francesa #publi

Se você tiver oito dias de viagem em solos taitianos (é preciso considerar que se passa um dia no avião para chegar lá e outro dia para voltar), fazer um cruzeiro pelo Taiti e suas ilhas é o jeito mais confortável, seguro (tem médico e enfermeiros sempre a bordo; sempre fico um pouco apreensivo quando estou nessas ilhas muito isoladas) e mágico de explorar suas águas turquesa, essas que são, junto com a cultura polinésia, os grandes motivos da viagem. Estando em uma embarcação, tudo o que você precisa fazer é acordar pela manhã...


Ásia com o conforto e a segurança dos cruzeiros mais luxuosos do mundo #publi

A Ásia é desses continentes não só geograficamente distantes (as diferenças nos costumes e na cultura nos são sempre desafiadoras, em muitos níveis) em que é preciso ter atenção redobrada para os deslocamentos entre cidades e países (é um tipo de viagem em que uma boa agência de viagens é muitas vezes fundamental). E nada melhor — e mais seguro e confortável — para uma introdução ao Oriente que fazer um cruzeiro em companhias de luxo como a Seabourn, a Silversea, a Ponant e a Regent; empresas que operam navios menores...


Seabourn: Dos cruzeiros de luxo, o melhor? #publi

Além do serviço de quarto 24 horas incluso no valor do cruzeiro — que tal caviar & champagne como lanchinho da madrugada? —, um frigobar abastecido com duas garrafas de sua bebida preferida — uísque escocês, americano ou canadense; gin Tanqueray ou Beefeater; vodca Absolut ou Stolichnaya; vinhos — é o que você vai encontrar ao adentrar sua cabine em um dos quatro navios da frota Seabourn (todos novíssimos, o mais “velho” é de 2009). E para os viajantes frequentes de cruzeiros de luxo, a opinião é quase unânime: a...


Navios com lounges debaixo da água com vidros para observação é a novidade da Ponant #publi

Séculos atrás, explorar as paisagens mais inóspitas do planeta era só para aventureiros com a coragem de partir com grandes chances de não voltar. Até há pouco tempo, era viajar sem grandes riscos, mas abdicando de qualquer conforto ou sabor. Já hoje é estar na Antártica, o continente mais frio e seco da Terra, no conforto de um hotel cinco estrelas flutuante, em sua cabine com varanda elegantemente decorada, a poucos passos de um spa  Sothys (uma das marcas de cosméticos que mais amo), restaurantes que servem o melhor da...


Cruzeiros fluviais: Quando o foco não é só o navio, mas também os destinos #publi

Água é vida. Do Cairo a Paris, passando por Manaus, Viena e Moscou, grande parte das cidades milenares do mundo nasceu à beira dos rios. E muitos desses rios vão muito além das fronteiras políticas: além do Reno (cuja nascente está na Suíça, mas desemboca no Mar do Norte, na Holanda) e o Mekong (que começa no Vietnã, passa pelo Camboja e o Laos até chegar à China), o Danúbio, ao longo dos seus quase três mil quilômetros de extensão, cruza dez países na Europa, incluindo mais de 70 cidades e quatro capitais nacionais (Viena,...


Galápagos: Como conhecer as ilhas que inspiraram uma das ideias mais revolucionárias da história

Uma viagem que durou cinco anos e passou pelas ilhas Galápagos (e duas vezes pelo Brasil) fez com que um jovem naturalista inglês, bem nascido mas nada brilhante na juventude (tentou a medicina e o sacerdócio, ambos sem sucesso), chegasse, a partir da observação, a uma das ideias mais brilhantes — e revolucionárias — de toda a história: a de que as características dos indivíduos de uma determinada espécie mais bem adaptados ao ambiente passariam para as futuras gerações, moldando o que somos e o percurso da evolução (assim,...


As viagens mais incríveis de volta ao mundo, por ar, por terra e por mar

Mr. Fogg, o distinto senhor inglês que dá a volta ao mundo em 80 dias no clássico de Jules Verne, venceu a aposta com seus colegas de clube concluindo a viagem em trem, elefante e navio a vapor. Mas se em 1873 a ideia de circum-navegar o mundo em tão pouco tempo era fantástica (as viagens nessa época duravam meses ou até anos, sem falar nos riscos que eram bem maiores), ainda hoje, apesar de todos os avanços dos meios de transporte, essa é uma experiência para poucos, já que exige tempo e dinheiro. Visitar destinos diferentes numa...


Silversea: navios pequenos e luxuosos em mais de 800 portos pelo mundo #publi

Voltar para o início dos tempos em Galápagos, sair do porto de San Francisco num cruzeiro de 120 dias para Monte Carlo visitando Havaí, Austrália, Sudeste Asiático, Oriente Médio, Grécia e Itália, ou ainda sair de Londres passando por baixo da Tower Bridge com destino à São Petersburgo, onde você aproveitará a cidade por dois dias inteiros (geralmente os navios só passam algumas horas em cada lugar) são algumas das incríveis experiências que a companhia de cruzeiros de luxo italiana Silversea — da família Lefebvres de Roma,...


Cruzeiros de luxo: os megaiates franceses da Ponant #publi

Esqueça a decoração over  ao estilo dos cassinos de Las Vegas, animadores de crianças (e de adultos) em piscinas lotadas, hora para jantar em lugares predeterminados e filas para pegar os tenders — as embarcações que nos levam dos grandes navios aos portos (por causa do tamanho eles não conseguem chegar próximo à terra). O primeiro — e já clássico — veleiro de três mastros da Ponant, única companhia de cruzeiros do mundo a portar a bandeira francesa, lançado ao mar em 1991, tem apenas 32 cabines (para 64 passageiros com...


EVITE: Cruzeiros em navios cada vez maiores

O embarque é uma ba-gun-ça (principalmente nos portos brasileiros). A decoração é sempre over, numa mistura de parque de diversões, Las Vegas e Emirados Árabes. As piscinas são de água salgada. E são lotadas. E barulhentas. (Ah, tem aqueles que, ANTES do café da manhã, já passam na piscina e deixam suas bolsas sobre as espreguiçadeiras para garantir seu lugar.) Para jantar, o restaurante é fixo, o horário é fixo, a mesa é fixa e se você se atrasar porque decidiu tirar aquele cochilinho de fim da tarde (teu horário de...


WordPress Theme built by Shufflehound. Todos os direitos reservados. © 2018 - Simonde