• CONTINENTE

  • PAÍS

  • REGIÃO | ESTADO

  • CIDADE

  • ESTILO

  • CARACTERÍSTICAS

  • BAIRRO

  • NÍVEL DE PREÇO

  • ÉPOCA

  • Filtro - POST

Passeios

Bobsled, yoga em uma cratera, cafés charmosos, cinema, o melhor spa, os bares: As muitas atividades em Park City além do ski

Snowshoeing depois da prática de yoga em uma cratera geotermal milenar é uma das atividades oferecidas pela Park City Yoga Adventures. Imagem: Shoichi Iwashita Além da história fascinante, arquitetura centenária, boa oferta de hotéis e da qualidade da neve (powder-fofíssima na maior parte do tempo), em Park City você encontra não só restaurantes gastronômicos, comidinhas orgânicas-vegetarianas e cafés do jeito que a gente gosta mas também atividades que nenhuma outra estação de esqui no mundo oferece. Na matéria de hoje,...


Paris no inverno: Na arte, nas ruas e na gastronomia, as experiências únicas que a Cidade Luz só proporciona na temporada mais fria do ano

Se você nunca cogitou ir a Paris no inverno, saiba que está perdendo experiências únicas que só podem ser aproveitadas nessa época do ano. Além de uma deliciosa menor quantidade de turistas — e, por consequência, passagens aéreas e hotéis mais baratos —, 1. a programação de exposições, concertos, óperas, balé e teatro é intensa (ainda mais esse ano com a celebração dos 350 anos do Opéra Garnier); 2. existem todos os pratos — e até queijos — que só são servidos durante o inverno; 3. tem as vitrines de Natal do...


Meissen: Quando os alemães decifraram a fórmula secreta da porcelana chinesa depois de séculos de paixão pelo “ouro branco”

Se a cerâmica surgiu no período neolítico em várias partes do mundo quase que simultaneamente — da Amazônia brasileira ao que foi a Tchecoeslováquia, passando pelo Japão do ano 25.000 a.C. —, a porcelana foi um caso único, uma invenção chinesa. E, por séculos desde sua criação (por volta da época de Jesus), a China deteve o savoir-faire  dessa variação de cerâmica que podia ser elegantemente moldada, esmaltada e pintada, e cujo resultado eram utensílios branquíssimos e brilhantes, duros, resistentes e impermeáveis. O...


Dá mesmo para comprar day-use para passar o dia na piscina do hotel Fasano Rio?

Ela está fechada no momento para uma reforma e só reabre no fim de agosto para as comemorações do aniversário de dez anos da abertura do hotel (os quartos também começam a passar por atualizações necessárias começando pela tecnologia; aguarde mais informações em breve :-). E desde 2007 o hotel Fasano Rio tem a piscina-com-vista  mais cobiçada não só do Rio de Janeiro, mas uma das mais do mundo (o Emiliano Rio, inaugurado no fim de 2016, bem que poderia conquistar o posto — também com uma bela piscina no topo do hotel,...


Vinícola Guaspari: Visitando, em São Paulo!, um dos melhores vinhos do Brasil, reconhecidos internacionalmente

Da mesma maneira que um dia me surpreendi quando conheci o café baiano de Piatã, considerado há anos o melhor do Brasil, foi um choque depois de algumas taças me dar conta de que um dos melhores vinhos brasileiros — brancos e tintos — é um vinho paulista cujos vinhedos estão a duas horas de carro da cidade de São Paulo (!), na Serra da Mantiqueira, região conhecida pela produção de café desde o século 19. Por isso, hoje é dia de superar o seu preconceito com os vinhos brasileiros; e hora de passar por cima do seu...


Seychelles, ilha La Digue: A praia que é um dos grandes motivos da sua viagem ao arquipélago está aqui

A primeiríssima coisa a fazer ao chegar de balsa (que aqui eles chamam de jetty ) nesta ilha que só recentemente passou a ter carros é alugar sua bicicleta, que será o seu meio de transporte na ilha (há vinte anos, os únicos meios de transporte eram a bicicleta e as charretes puxadas por bois, que existem até hoje, mas que eu não gosto nem de ver por pena dos bois, ali, puxando aqueles turistas debaixo do sol). E a conversa que eu tive com a atendente da locadora de bicicletas reflete bem o espírito de La Digue. “Quanto custa o...


Seychelles, ilha Praslin: Palmeiras jurássicas com cocos gigantes e uma das praias mais lindas do mundo

É nesta ilha que fica a Anse Lazio, a praia que é considerada uma das mais lindas do mundo. Aqui também está o Vallée de Mai, uma floresta de palmeiras gigantescas — que dão o famoso coco de mer, uns cocos também gigantes —, intacta há milhões de anos, com espécies endêmicas que você não encontra nem nas ilhas vizinhas (a sensação é a de que se está no cenário do filme Jurassic Park ). Mas a não ser que você venha jogar golfe no hotel-resort Constance Lémuria (e apesar de ter um hotel de luxo da rede Raffles),...


Hidroavião: a emoção de ver dos céus as obras faraônicas em Dubai

Se uma das experiências mais legais em Nova York, São Paulo ou Paris é fazer um passeio aéreo para se ter uma perspectiva diferente da cidade (ou situar os lugares num “Google Map mental”), em Dubai essa experiência é ESSENCIAL. Porque aqui as construções são tão grandes que elas não cabem nas fotos. A ilha artifical The Palm, por exemplo, é muito maior do que eu imaginava (e olha que a próxima ilha-palmeira a ficar pronta, a Palm Deira, será oito vezes maior que a The Palm), e o Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo,...


Milão: As três igrejas imperdíveis além do Duomo

O Duomo, a Catedral de Milão, é indiscutivelmente uma das mais belas igrejas do mundo. Mas a capital da Lombardia tem outras três igrejas, bem próximas umas das outras (elas formam um triângulo na Corso Magenta), com estilos e histórias bem diferentes e que valem muito a visita, seja por sua arte, por sua história ou pelo seu significado na vida da cidade (e ainda dá para dar uma passada na centenária Pasticceria Marchesi {para saber sobre as diferentes experiências nas duas lojas, clique aqui} ou na Biffi para um espresso  com...


Saint-Martin: O que fazer e os passeios – e as praias! – essenciais

Saint-Martin não é uma ilha pequena: são 35 praias, uma reserva natural e DOIS PAÍSES neste pedaço de terra entre o Mar do Caribe e o Oceano Atlântico que, tendo o turismo como principal atividade econômica, conta com ótima infraestrutura: aeroporto internacional com voos diretos de e para os Estados Unidos e a Europa, ótimos restaurantes, lojas de vinhos excelentes (duty free ) e atividades variadas. Só poderia ter mais opções de bons hotéis: em toda a ilha, só tem um cinco estrelas, o La Samanna {leia a crítica completa do...


As instituições culturais de SP que você precisa conhecer e frequentar

São Paulo, assim como outras importantes cidades do Hemisfério Sul, não tem grandes museus ou uma programação cultural à altura de cidades como Nova York, Paris e Londres. E é provável que muitas das coisas que você veja aqui, você já tenha visto lá fora, e em escala bem menor. Mas, muito foi feito nos últimos vinte e cinco anos para fomentar a cultura na cidade. Desde maiores investimentos para o cinema e teatro, reformas de museus e prédios antigos e a brava tentativa de trazer para o país companhias de dança, orquestras e...


Passeio de lancha na represa: natureza e conforto sem sair da cidade

Se você não tem intimidade com o universo dos velejadores, é bem provável que fique desconfiado ao ser convidado para passar algumas horas na Represa do Guarapiranga, no meio da megalópole que é São Paulo. Mas o passeio de lancha pela represa proposto pela Vivant SP — que acomoda até dez pessoas, perfeito para ir com os amigos ou família — consegue proporcionar momentos de tranquilidade, contato com a natureza, stand up paddle  (em água limpa!), com todo o conforto: a embarcação de 29 pés (9 metros) é novinha, tem capota...


O vinhedo de Leonardo da Vinci, um belíssimo passeio pela Milão renascentista

A vigna  que dá nome ao lugar não passa de uns cotocos de caules de uva no fundo do jardim, que fica mais exuberante nos meses mais quentes (ainda, já que o vinhedo de Leonardo abriu faz pouco, durante a Expo 2015). Mas ela é o pretexto para um mergulho — inimaginável visto da fachada, assim como quase tudo em Milão — na história de Ludovico Sforza, Leonardo da Vinci, da família Atellani, de Ettore Conti e Piero Portaluppi. Uma viagem charmosa e imperdível para a Milão dos séculos 15 ao 20, bem em frente à Igreja Santa...


The Shard, o edifício mais alto de Londres com uma belíssima vista 360º

Fazer xixi num banheiro com parede de vidro, a 240 metros de altura, exposto para os céus e com toda Londres a seus pés é uma experiência que só uma visita ao observatório The View from the Shard pode proporcionar (com 310 metros de altura, o Shard é o arranha-céu mais alto de Londres e o quarto maior da Europa). Numa das regiões mais antigas da cidade (e pertinho do Borough Market, que a gente ama), em Southwark, o starchitect  italiano Renzo Piano (Whitney Museum, Morgan Library, Aeroporto Kansai, The New York Times) imaginou um...


Abadia de Westminster

Construída no século 11 e reconstruída em estilo gótico no século 13, a Abadia de Westminster não é católica nem protestante, é anglicana (mas foi católica até Henrique 8º, no século 16, romper com o Vaticano). Sua autoridade máxima não é papa, rabino ou pajé, mas uma mulher, Her Majesty The Queen of England, a rainha Elizabeth 2ª, que além de chefe de Estado é também a chefe da Igreja da Inglaterra. É o sítio religioso mais importante não só de Londres, mas do Reino Unido e também dos quinze domínios da Commonwealth...


Cozinha francesa (com vinhos!) em food park neste fim de semana em SP

O Piknik é o food park  que a gente adora: wi-fi, ótima localização (a 500 metros da Estação Faria Lima do metrô), ambiente agradável e confortável (banheiros usáveis, pias para lavar as mãos, mesas e cadeiras de madeira, toldos para proteger do Sol ou da chuva, cheio de plantas) e uma ótima seleção de comidinhas de food trucks  espalhados pelos dois mil metros quadrados do espaço, que tem entradas pela Avenida Rebouças e pela Rua Henrique Monteiro. E até domingo, dia 20 de setembro, o Piknik Faria Lima recebe a terceira...


Hamburgo: Os 15 passeios essenciais

Para ver o que a cidade tem de mais emblemático, a primeira coisa que você deve fazer ao chegar em Hamburgo, caso você não esteja hospedado no hotel Vier Jahreszeiten, é ir para Jungfernstieg. Para isso, desça na estação de metrô (U-Bahn, em alemão) Rathaus, cruze a praça Rathausmarkt — centro da Cidade Antiga onde está o Parlamento da cidade-estado; e onde também acontece o famoso mercado de Natal —, não sem antes admirar sua arquitetura neorenascentista e sua fachada ricamente decorada, e você já verá do outro...


Música, cerveja e comidinhas no Manioca

A chef  gaúcha Helena Rizzo, do Maní, vai cozinhar, neste próximo domingo, um menu com pratos de inspiração chinesa a pedido do cantor capixaba Silva, que se apresenta no mesmo dia que o cantor paulistano — que também canta em inglês — Thiago Pethit. Tudo regado à cerveja de origem mexicana Sol (mas hoje também fabricada no Brasil). #ILoveSaoPaulo Em clima de fim de tarde de domingo com amigos (são apenas 200 lugares), com música brasileira, comidinhas, cerveja e michelada  (a cerveza preparada  com molhos inglês e de...


Fondation Louis Vuitton: A arquitetura eclipsa a arte, mas é um belo passeio ao bosque com a obra de Gehry

A concorrência é fortíssima. A construção é tão escultural que você não conseguirá apreciar a arte na primeira visita; precisará voltar outras vezes quando talvez a arquitetura ficar mais invisível  na sua cabeça. Com a água caindo por uma escada-cascata em direção ao edifício-caravela projetado por Frank Gehry — que deixa as “escamas” de titânio que marcou seus últimos projetos culturais e agora adota velas de vidro (que “escondem” a estrutura) —, é como se a Fondation Louis Vuitton fosse um barco futurista...


Wimbledon

A grama é a superfície original do tênis quando esse esporte de raquete com influências francesas surgiu na Inglaterra dos anos 1860. E é sobre ela que ainda se joga em Wimbledon, o mais antigo (a primeira competição aconteceu em 1877), o mais tradicional, o mais rigoroso — e o mais elegante — torneio de tênis dos quatro Grand Slams do nosso calendário (os outros são, por ordem de antiguidade, o US Open, de 1881, em Nova York, sobre quadra dura; Roland Garros, de 1891, em Paris, sobre saibro; e o Open da Austrália, de 1905,...


Miniatur Wunderland: O mundo em miniatura na atração que mais atrai turistas em toda a Alemanha

Você vai subir dois andares das escadas de um edifício histórico — um dos armazéns do Speicherstadt — e quando passar da bilheteria (agende o seu horário com antecedência porque você pode pegar fila ou mesmo não conseguir entrar), você vai entrar no sótão de sonhos dos irmãos Gerrit e Frederik Braun. Depois de dez anos e dez milhões de euros, os gêmeos transformaram um projeto desacreditado pela cidade e pelos investidores na atração mais visitada de Hamburgo. E da Alemanha. São 1,6 milhão de visitantes por ano; mais que...


Thermae Bath Spa, um spa superlativo

Não tem o serviço de bar da piscina do Fasano Rio, a paisagem não é natural como nas piscinas infinitas com vistas cinematográficas das praias e ilhas mais lindas do mundo (e fotos e selfies não são permitidas; ai, que vontade que dá...), mas se banhar na piscina do topo do prédio principal do Thermae Bath Spa, em Bath, com vista para a Abadia da cidade (onde foi coroado o primeiro rei da Inglaterra) e para toda a arquitetura georgiana e as colinas que circundam a cidade é uma das experiências mais incríveis e essenciais de uma...


Sala São Paulo

Assim como o Orsay, museu parisiense dedicado ao Impressionismo, a Sala São Paulo ocupa uma estação de trem, a Júlio Prestes, que era a estação central da Estrada de Ferro Sorocabana, por onde safras de algodão e café do interior paulista chegavam à capital até os anos 1920. A única diferença com relação ao Orsay, no entanto, é que a Júlio Prestes ainda segue operando como uma estação da CPTM, o que torna a Sala ainda mais especial: essa dupla-ocupação do edifício neoclássico — do auge da música erudita ao...


Torre Eiffel

Quanto mais você se aproxima, talvez assim como seria com a Margaret Thatcher, mais a primeira Dame de Fer (a “dama de ferro”) assombra. Numa cidade que conseguiu manter certa homogeneidade estilística ao longo de séculos de diferentes estilos arquitetônicos, a Torre Eiffel é brutal, monstruosa demais para ser bonita. O escritor Guy de Maupassant, que almoçava quase todos os dias no restaurante do primeiro andar da torre, quando perguntado por um jornalista “por quê?”, respondeu: “É o único lugar de Paris onde não a...


Por que ir ao Japão em abril

Dura apenas uma semana. É aguardado ansiosamente por todos os japoneses, de Kyuushu a Hokkaido. É anunciado pela Agência Meteorológica do Japão e quando começa, só se fala disso em todas as emissoras de TV do país (tá bom, tô exagerando, mas é quase isso). Mas é um dos espetáculos urbanos — e naturais — mais lindos do mundo. E como o Japão é uma ilha comprida, que se estende “verticalmente”, a floração começa no Sul do país e vai “subindo” em direção ao Norte. Em Tóquio, um dos lugares mais procurados...


High Line

É impressionante a capacidade dos nova-iorquinos de transformarem lugares degradados em hype. E o Meatpacking District – junto com o Brooklyn – foram os últimos bairros revitalizados no melhor sentido possível. Além de todas as lojas sofisticadas (Jeffrey, Vitra, Lars Bolander), os restaurantes (Pastis, Spice Market) e hotéis modernosos (Gansevoort, The Standard - a High Line passa por debaixo do Standard, bem legal -, Soho House), o Meatpacking também tem um jardim suspenso de quase 2 km de comprimento, que ocupa uma antiga e...


WordPress Theme built by Shufflehound. Todos os direitos reservados. © 2018 - Simonde