Le Meurice: Localização e gastronomia imbatíveis; mas e os quartos?

Existe uma distância estilística  não muito esperada entre o térreo do Meurice — com seus maravilhosos restaurantes e bar, alguns dos mais belos e elegantes da capital parisiense — e os andares acima, onde estão os quartos.  A sensação é a de que você está em dois hotéis diferentes, apesar de ter sido reaberto no ano 2000 depois de dois anos fechado para reforma. Se os salões deste hotel mítico, inaugurado em 1835 (ou seja, há quase duzentos anos), foram repaginados de forma muito bem sucedida por Philippe Starck,...


Jiquitaia, comida brasileira autoral, saborosa e o melhor preço

Pelo preço fixo de R$ 79 (entrada + prato principal + sobremesa, no jantar e nos fins de semana; e R$ 49! no almoço durante a semana), o Jiquitaia se consolidou de forma muito bem sucedida com sua fórmula que alia comida autoral com ingredientes brasileiros — bem executada, bem apresentada (só nas sobremesas que o aspecto é mais caseiro, mas não menos saboroso); e ainda dá para ter uma refeição vegetariana completa ou, mais precisamente, ovolactovegetariana —, preço mais-que-honesto e ambiente simples e agradável (e fácil de...


GOL Premium Lounge, a nova sala VIP da companhia aérea em GRU

Apesar da fama, nem todo voo internacional sai do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de São Paulo {confira nosso guia completo do T3, clicando aqui}, o GRU Airport (eu cometi esse erro na minha viagem para Saint-Martin: meu voo era Copa Airlines, pedi para o carro me deixar no T3 e só chegando lá descobri que tinha de ir para o Terminal 2). De todos os voos internacionais, 20% deles ainda partem do Terminal 2 (que engloba hoje os antigos terminais 1 e 2): Delta, GOL, Copa Airlines e Aerolíneas Argentinas são algumas delas (para...


Last Folio: Livros sagrados judaicos, únicos sobreviventes, agora devidamente enterrados

Quando você visitar a exposição, é pegando o elevador e subindo para a biblioteca que você encontrará as fotos mais significativas da exposição Last Folio — Preservando Memórias, em cartaz no Unibes Cultural, na cidade de São Paulo, até o dia 22 de outubro de 2016. As fotos do fotógrafo Yuri Dojc e o filme da cineasta Katya Krausova, ambos eslovacos, são lindas sim, mas é a história que está por trás delas — não deixe de assistir ao filme com os poucos sobreviventes do Holocausto em exibição na exposição — que...


Silversea: navios pequenos e luxuosos em mais de 800 portos pelo mundo #publi

Voltar para o início dos tempos em Galápagos, sair do porto de San Francisco num cruzeiro de 120 dias para Monte Carlo visitando Havaí, Austrália, Sudeste Asiático, Oriente Médio, Grécia e Itália, ou ainda sair de Londres passando por baixo da Tower Bridge com destino à São Petersburgo, onde você aproveitará a cidade por dois dias inteiros (geralmente os navios só passam algumas horas em cada lugar) são algumas das incríveis experiências que a companhia de cruzeiros de luxo italiana Silversea — da família Lefebvres de Roma,...


Milão: As três igrejas imperdíveis além do Duomo

O Duomo, a Catedral de Milão, é indiscutivelmente uma das mais belas igrejas do mundo. Mas a capital da Lombardia tem outras três igrejas, bem próximas umas das outras (elas formam um triângulo na Corso Magenta), com estilos e histórias bem diferentes e que valem muito a visita, seja por sua arte, por sua história ou pelo seu significado na vida da cidade (e ainda dá para dar uma passada na centenária Pasticceria Marchesi {para saber sobre as diferentes experiências nas duas lojas, clique aqui} ou na Biffi para um espresso  com...


Kouign-Amann, a deliciosa versão caramelizada do croissant

Kouign-amann. Primeira coisa: a pronúncia desta viennoiserie  de nome bretão — idioma mais próximo do celta que do francês — é kwinamân (e para aqueles doidos por idiomas que queiram saber como se escreve o plural — tipo, eu — , é kouignoù-amann :- ). É uma versão caramelizada do croissant  com generosa dose de açúcar e MUITA manteiga (30% do que você estiver comendo é manteiga; outros 30% são açúcar; o que sobra é massa) originária da Bretanha, região do norte da França, famosa pela flor de sal, pela ótima...


Yann Couvreur: alta pâtisserie no bandejão para comer no balcão

Nesta pâtisserie  de bairro com preços de Saint-Germain-des-Près, fora do circuito turístico (do lado de lá do Canal Saint Martin, mas felizmente com lugar pra sentar e na boca da saída da estação de metrô Goncourt, dessa linha marrom que a gente nunca pega), você encontra as criações de um jovem chef pâtissier  bretão — e charmosão — que tem tudo para fazer parte do panteão da confeitaria francesa. Apesar da idade, o currículo é extenso e estrelado: Yann Couvreur já assinou a confeitaria de dois palaces  franceses,...


Voamos na Premium Economy da Air France: como é e quando vale a pena a diferença de preço?

Só o fato de você não ter de brigar por espaço para o braço nos apoios entre as poltronas, como acontece nas classes econômicas, já é uma vantagem de voar Premium Economy na Air France, a classe intermediária entre a famigerada-mas-econômica e a executiva. Mas, assim como acontece com as classes Business e La Première, a primeiríssima classe statement  da principal companhia aérea francesa, a gente só consegue ter a experiência completa — check-in  em lindos balcões Sky Priority, opção de selecionar refeições mais...


Ritz Jardins, ambiente aconchegante, comidinhas variadas e bem feitas e ótimos drinques

Eu nunca entendi por que quando você compra peito de peru nos supermercados de Nova York, a carne é branca como se fosse o do peito do peru de Natal, assado e fatiado, e aqui no Brasil, o único peito de peru que a gente encontra é esse embutido (como salsicha) e rosa (ou seja, nada natural, e ainda por cima cheio de sódio). Por isso eu adorava a Salada do Chefe do restaurante Ritz — opção perfeita para quem quer uma salada com proteína — que vinha sempre com o peito de peru assado e desfiado na salada, junto com a muçarela de...


WordPress Theme built by Shufflehound. Todos os direitos reservados. © 2018 - Simonde