O algoritmo da máquina de sonhos

Tem algo de muito mágico e fantástico nos diálogos que ocorrem nos sonhos. As pessoas aparecem, falam, se comportam e reagem às situações de uma maneira muito e incrivelmente real. É como se a “máquina produtora de sonhos” tivesse um algoritmo que escrevesse todos os roteiros com base nos inputs que temos no dia a dia. E esse algoritmo é capaz de escrever roteiros...


Um Estranho no Lago

Atenção: esse texto contém spoilers. Um Estranho no Lago poderia se chamar La “pégation” sur l'herbe, uma alusão ao quadro O Almoço na Relva de Édouard Manet que deu início ao colorido movimento impressionista. Mas, em alguns minutos de filme, a leveza da pegação descompromissada, o naturismo sob a luz do verão e a tranquilidade da água do lago — onde homens gays  passam seus dias a nadar, tomar Sol e passear pelo bosque atrás de sexo casual —, dá lugar à tensão da perigosa atração que Franck (lindinho), o...


Roupas no futuro

Quero muito que chegue esse dia, o futuro. Roupas ajustáveis ao toque, autolimpantes, que não amassam e respiram. Que se adaptem automaticamente à temperatura: que refresquem no calor, que esquentem no inverno, sem acréscimo de peso. Bolsos que sejam fontes de energia e carreguem nossos gadgets, apenas por aproximação. Malas, mochilas e bolsas que anulem peso da carga e que a gente consiga carregar quantas revistas, livros e máquinas quiser, sem precisar sofrer com as costas e andar o dia todo sem cansar. The Polo of the Future...


São Paulo em Hi-Fi

Festas nababescas. Em 1976, Wilza Carla chegou à Festa da Broadway na Medieval vestida de odalisca sobre uma elefoa. Repito: a atriz Wilza Carla, vestida de odalisca, desceu a Rua Augusta — não de carro ou ônibus ou carruagem ou cavalo, mas — em cima de um ELEFANTE para chegar a uma festa. Darby Daniel, fantasiado de Branca de Neve, era carregado por sete anões dentro de um caixão de vidro enquanto um príncipe sobre um cavalo branco o aguardava na porta da boate. Já Kaká di Polly não precisava de grandes eventos para suas...


Deliqatê

Fechou em dezembro de 2015. As chances de você chegar ao Deliqatê com vontade de comer bolo e tomar café e dar de cara com as portas fechadas são grandes. Segunda e terça a casa fecha às 15h45 (?!), nos outros dias da semana 17h45 (?!). Como um lugar tão bonito, agradável, com comidinhas boas — e famoso por seus red velvet, cheesecake, brownie e cookie —, tão bem localizado, e numa cidade como São Paulo, pode fechar tão cedo? Por isso, é bom ter em mente que o Deliqatê é um lugar ótimo e perfeito para tomar café da manhã...


Radiant Orchid é a cor de 2014

Em 2012 foi Tangerine Tango. 2013 foi a vez do Emerald Green, cor da Simonde, já que o site foi lançado no ano. A cor de 2014 será Radiant Ochid: “An invitation to innovation, Radiant Orchid encourages expanded creativity and originality, which is increasingly valued in today’s society. (...) An enchanting harmony of fuchsia, purple and pink undertones, Radiant Orchid inspires confidence and emanates great joy, love and health. It is a captivating purple, one that draws you in with its beguiling charm.” Nas palavras da...


Nonchalance

Desinteresse, indiferença, mas com certo charme. Alguém pode ter nonchalance, mas ser nonchalant, se for homem, e nonchalante, se for...


As muitas faces de todos nós

Na era maniqueísta em que vivemos, ou você é lindo, do bem, “incrível” ou você é do mal; ou você é PT ou você é PSDB; ou você é preto ou branco - cinquenta tons de cinza, parece, só em literatura de qualidade duvidosa. É como se não tivéssemos todas as qualidades e defeitos em potencial dentro de nós. Eu, por exemplo, me percebo ora generoso ora egoísta; posso ser um grande amigo, mas também um chato insuportável. Depende da situação, do contexto, com quem. Por que os grandes homens, mesmo eles, seriam diferentes? E...


Racista, eu?

Escravizamos os negros para o bem dos nossos lucros. Com a riqueza gerada com base na privação de direitos, vontade própria e liberdade de 5 milhões de negros sequestrados na África (os que chegaram vivos, já que quase 700 mil vidas se perderam nos navios negreiros, sendo que alguns historiadores calculam que pode ter sido o dobro o número de escravos trazidos), durante 388 anos, construímos o nosso Estado, o nosso Brasil. A escravidão foi a base da vida econômica do império português na África e na América. E como eles...


La Cave

Fazer compras nas Galeries Lafayette é para os corajosos. São milhares de pessoas por dia (imagine que uma quantidade superior à metade da população da França passeiam pelas Galeries a cada ano; só perde para a Torre Eiffel em número de visitantes). Muita gente, muito grande, muita informação, muito barulho. Mas, a partir de agora, uma visita às Galeries Lafayette é obrigatória. O seu destino, você amante da boa comida e dos bons vinhos, será a Cave du Lafayette Gourmet, seção de vinho das Galeries que tem a maior adega de...


WordPress Theme built by Shufflehound. Todos os direitos reservados. © 2018 - Simonde