Não seja um idiota no trânsito

Quem é rico - de verdade - é generoso. Porque não há elegância sem generosidade e porque ela nos faz sentir bem. E um ótimo lugar para praticar a generosidade (é fácil ser generoso com nossos queridos amigos) é no trânsito. Abaixo, seguem algumas observações (sinta-se livre em nos mandar sua contribuição): O SEU CARRO -- Regra de ouro: não é por que você tem um Bentley ou uma Ferrari, e por que você vive num país de miseráveis e se acha o máximo porque tem dinheiro, que você não precisa respeitar as leis de trânsito...


I Want A Little Sugar In My Bowl

I Want A Little Sugar In My Bowl fez parte do álbum Sing The Blues, lançado em 1967, por Nina Simone, baseada em uma música de Bessie Smith. Uma das minhas músicas prediletas....


Refletindo sobre o bife alla parmigiana

“De todos os pratos que não fazem sentido, o bife alla parmigiana é o campeão. Começa-se com um bife à milanesa (ou um schnitzel). A carne é envolvida em farinha de trigo, ovo e pão ralado, frita em óleo ou azeite, que resulta em uma casca quente e crocante. Então, despeja-se uma grande quantidade de molho de tomate e queijo no bife à milanesa, e leva-se ao forno para gratinar. Resultado: a casquinha crocante fica murcha e o prato fica insuportavelmente pesado. Acho que inventaram esse prato para reaproveitar o bife à milanesa que...


Livrarias em Paris

Num país onde filósofos são tratados como celebridades e podem ser vistos em debates em praticamente todos os canais de televisão, é natural que as livrarias de sua capital – e consequentemente o mercado editorial como um todo – seja um deleite para os amantes da literatura, da filosofia, das ciências e das artes impressas em papel. Paris tem várias ótimas livrarias: a mítica La Hune, a clássica Galignani, a variada Fnac e para os amantes de livros como objetos de arte – e de desejo – a Boutique...


Português é muito mais divertido em Portugal

Eu já tinha ouvido Amsterdão (para Amsterdam), Ilhas Caraíbas (para Caribe), mas hoje eu li Nova Jérsia (para New Jersey) e Bordéus (para Bordeaux)*. Os portugueses definitivamente se divertem muito mais com a língua portuguesa do que a gente....


Hédiard

O abacaxi, fruta típica das Américas e hoje tão comum e apreciado em todo o mundo, já foi uma fruta exótica e hype. Fascinava os europeus de tal maneira que Joséphine Bonaparte, então Imperatriz da França, mandou fazer um vestido todo bordado com desenhos de abacaxis (o que era uma maneira de afirmar seu distanciamento das massas, já que só os muito sofisticados conheciam a fruta; e eu que sou um apaixonado pelo estilo Império, fiquei chocado quando vi tal vestido numa exposição rs ). A fina estampa parisiense do século 19...


Novo clipe da Cher; e a música é boa

Saiu hoje o novo clipe de nossa eterna queen  Cher, com a música Woman's World. Can't wait to listen to it on the dancefloor. Porque a batida me lembra o fim dos anos 1990. :-) São Paulo, 21 de agosto de...


E falando em juventude vazia e perversa…

Escrevendo sobre The Bling Ring, dessa juventude vazia de sentido, cínica e perversa, me lembrei de um livro que marcou meus 20 anos: Hell Paris 75016, da escritora francesa - que viveu elle même  as drogas, a noite, o consumismo desenfreado da jeunesse dorée parisienne, Lolita Pille. Pra reviver — porque Hell  é como Lolita  do Nabokov, o começo dá completamente o tom do livro — segue o primeiro parágrafo, em tradução livre: “Eu sou uma vagabunda. Daquelas que você não suporta; da pior espécie, uma vagabunda do 16éme...


The Bling Ring

Elas falam Balmain, Chanel, Birkin com a mesma intimidade com que elas falam de suas amigas mais próximas. The Bling Ring seria cômico se ele não fosse um filme que refletisse exatamente os valores invertidos da sociedade em que a gente vive. Principalmente da elite cool, sempre admiradora do dinheiro e do poder cujas procedências nunca são consideradas desde que a “imagem” dos poderosos du jour  e sua companhia renda boas fotos no Facebook e no Instagram, tragam influência entre os pares e sirvam aos seus interesses. (Aliás, nada...


Compras em viagens

Apesar de sabermos que pesquisar preços pode nos economizar MUITO dinheiro ao longo de um período de tempo, quando se está viajando fica difícil querer levar isso ao pé da letra, já que temos um fator restritivo importante: o tempo (ninguém mais fica meses viajando como era comum algumas décadas atrás). Em marcas globais e livrarias, por exemplo, se você encontrar exatamente aquilo o que você quer, no seu tamanho, compre: quando o seu roteiro inclui várias cidades, é preciso saber que nem todas as lojas, nem todas as livrarias...


WordPress Theme built by Shufflehound. Todos os direitos reservados. © 2018 - Simonde